Lojas HUMANA

Av. Almirante Reis 104-B1150-022 Lisboa
Tel: (+351) 218 139 327

Av. Almirante Reis 26-A1150-018 Lisboa
Tel: (+351) 217 971 019

Rua Júlio DinisRua Júlio Dinis, 936 4050-322 Porto
Tel: (+351) 22 600 08 08

Rua Morais Soares 701900-348 Lisboa
Tel: (+351) 218 131 557

Av. Almirante Reis 941150-022 Lisboa
Tel: (+351) 218 132 713

AreeiroPraça Francisco Sá Carneiro nº 10 A / 10 B 1000-160 Lisboa
Tel: (+351) 218 450 909

FanqueirosRua dos Fanqueiros nº 225 1100-229 Lisboa
Tel: (+351) 218 861 187

Rua Passos Manuel 624000-450 Porto
Tel: (+351) 22 201 17 80

Av. 5 de OutubroAvenida 5 de Outubro, 72 1050-059 Lisboa
Tel: (+351) 217 931 799

Dia Internacional da Mulher: Por um Planeta 50-50 até 2030

08-03-2017

O Dia Internacional da Mulher é globalmente celebrado no dia 8 de março. Em 2017, sob o tema "Mulheres num mundo laboral em transformação: Por um Planeta 50-50 até 2030".

A Humana ao longo dos anos tem desenvolvido várias ações de desenvolvimento que permitam que as mulheres superem algumas barreiras culturais no sentido de alcançar a igualdade de género. O empoderamento das mulheres é decisivo para o progresso das comunidades na medida em que assenta na visão e no consenso de que as mulheres alfabetizadas estão melhor preparadas na tomada de decisões que lhes permita terem uma vida melhor, seja em termos familiares, de saúde ou de auferirem um melhor rendimento.

O tema "Mulheres num mundo laboral em transformação: Por um Planeta 50-50 até 2030" tem como objetivo acelerar a Agenda 2030, impulsionando a efetiva implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), especialmente a meta número 5, que entre outros, pretende:

  • Acabar com todas as formas de discriminação contra todas as mulheres e meninas;
  • Eliminar todas as formas de violência contra as mulheres e meninas nas esferas pública e privada, incluindo o tráfico e exploração sexual e de outros tipos;
  • Realizar reformas para garantir às mulheres direitos iguais aos recursos económicos, bem como o acesso à propriedade e controle sobre a terra e outras formas de propriedade, serviços financeiros, herança e os recursos naturais.
  • Adotar e fortalecer políticas sólidas e legislação aplicável para a promoção da igualdade de género e o empoderamento de todas as mulheres e meninas em todos os níveis.


O ODS 5 é um objetivo que apenas se irá cumprir se em todos os outros se tomar em consideração os direitos humanos das mulheres, as necessidades, os interesses e o conhecimento das mulheres. Importa assim, garantir a transversalização da dimensão da igualdade entre mulheres e homens e dos direitos humanos das mulheres em todos os restantes 16 ODS.

Este ano a comemoração do Dia da Mulher coincide com a Semana da UNESCO para a Paz e o Desenvolvimento Sustentável, de 6 a 10 de março de 2017, centrada no papel da Educação. O evento está a decorrer em Ottawa, Canadá.

Os programas da Humana People to People

A Humana coloca a mulher como centro de desenvolvimento das comunidades. Por isso, implementa programas como, por exemplo, o Farmers´ Club que é formado por grupos de pequenos agricultores, na maioria mulheres. Através de várias atividades, recebem formação sobre agricultura sustentável com a qual melhoram a sua alimentação e produção, alcançando excedentes que lhes permitam gerar rendimentos para as suas famílias.

Alguns dados

  • 100.000 pessoas participam por ano em programas de agricultura da Humana People to People. Mais de metade são mulheres.
  • As 53 escolas de professores apoiadas pela Humana formam por ano 5.000 docentes do ensino básico. 33% são mulheres.
  • Cerca de 5 milhões de pessoas estão envolvidos por ano no programa TCE da Humana na luta contra o VIH/SIDA. Mais de 50% são mulheres.
  • 7 em cada 10 dos 79 funcionários da Humana Portugal são mulheres.


Exemplos de programas

Reduzindo o abandono escolar em Moçambique

O projeto NIKHALAMO implementado pela ADPP Moçambique, parceiro local da Humana, em colaboração com a Girl Child Rights está a fazer progressos consideráveis para reduzir o abandono escolar de meninas do ensino básico e secundário de escolas na provincia da Zambézia. Adicionalmente, o projecto está a atrair mais meninas à escola.

Estabelecendo pontes na educação de raparigas na Índia

Humana People to People India criou dois Centros de Educação Ponte para alunas em Rajasthan e Haryana. O objetivo é completar a formação de meninas entre os 9 e os 14 anos e incluí-las novamente no sistema de ensino. Estes centros destinam-se também a fornecer conhecimentos práticos para a sua vida quotidiana e para o seu desempenho na sociedade.

Empoderando mulheres e raparigas na África do Sul

Humana People to People África do Sul está atualmente a desenvolver o Programa de Apoio a mulheres e raparigas em 3 províncias de Limpopo, KwaZulu Natal and Mpumalanga. O programa fornece um apoio integral na área da saúde e serviços de apoio para mulheres jovens, com idades entre os 19 e os 24 anos. Promove a mudança de comportamento e ao acesso aos serviços de Saúde Sexual e Reprodutiva e outros serviços sociais relevantes. O programa procura também melhorar a resposta a ofertas de trabalho e vinculá-las a oportunidades de emprego ou formação.

A igualdade de género é crucial para a Agenda 2030. O Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 5 pede especificamente igualdade de género e empoderamento de todas as mulheres, sendo um tema central para o alcance de todos os ODS. Só existirá desenvolvimento sustentável quando se assegurar os Direitos Humanos de todas as pessoas, incluindo as mulheres.