Lojas HUMANA

Almirante Reis 3Av. Almirante Reis 104-B 1150-022 Lisboa
Tel: (+351) 218 139 327

Almirante Reis 1Av. Almirante Reis 26-A 1150-018 Lisboa
Tel: (+351) 217 971 019

Júlio DinisRua Júlio Dinis 936 4050-322 Porto
Tel: (+351) 22 600 08 08

Morais SoaresRua Morais Soares 70 1900-348 Lisboa
Tel: (+351) 218 131 557

Almirante Reis 2Av. Almirante Reis 94 1150-022 Lisboa
Tel: (+351) 218 132 713

AreeiroPraça Francisco Sá Carneiro 10A - 10B 1000-160 Lisboa
Tel: (+351) 218 450 909

FanqueirosRua dos Fanqueiros 225 1100-229 Lisboa
Tel: (+351) 218 861 187

CedofeitaRua de Cedofeita, 327 4050-109 Porto
Tel: (+351) 220 123 394

Passos ManuelRua Passos Manuel 62 4000-450 Porto
Tel: (+351) 22 201 17 80

Alexandre BragaRua Alexandre Braga 134 4000-124 Porto
Tel: (+351) 222 058 072

5 de OutubroAvenida 5 de Outubro, 72 1050-059 Lisboa
Tel: (+351) 217 931 799

Reutilização têxtil no Dia da Terra

22-04-2018


Por todo o mundo é celebrado a 22 de abril o Dia da Terra para lembrar à Humanidade a interdependência que existe entre o Planeta Terra e os seus habitantes para assegurar a harmonia entre as necessidades económicas, sociais e ambientais das presente e futuras gerações, ou seja um desenvolvimento sustentável.
 
A importância deste dia para a sustentabilidade reflecte-se na responsabilidade colectiva para com o Planeta para chegar ao equilíbrio. Este dia é uma oportunidade para reforçar o diálogo sobre os desafios e desenvolver ações para o bem estar do Planeta e dos seus habitantes. 

É indiscutível que a humanidade é responsável pelos severos problemas ambientais da atualidade, e por isso é prioritário mudar os hábitos de produção e consumo da sociedade para que sejam mais conscientes e circulares. 

Para a Humana, o meio ambiente é uma prioridade, enfocando o seu trabalho e ações em na recolha seletiva de roupa e na gestão sustentável do têxtil usado com o objetivo de promover a sua reutilização mediante um processo que permite obter recursos para programas de ajuda internacional para o desenvolvimento na Guiné-Bissau e em Moçambique e para apoio local em Portugal. 

É indispensável diminuir as emissões de CO2 e outros gases com efeito de estufa para reverter as alterações climáticas.  Cada quilo de roupa que se reutiliza e mão é incinerada evita a emissão de 3.169kg de CO2, segundo dados da Comissão Europeia. Ou seja, dos 3.350 toneladas de roupa recolhida pela Humana Portugal em 2017, assumem-se 10.600 toneladas de CO2 não emitidos para a atmosfera

De acordo com o Portal Eco.nomia, o conceito de economia circular defende um modelo “regenerativo e restaurador”, com o desenvolvimento de políticas e ações de redução, recuperação e reciclagem. 


Seguindo o modelo da economia circular, a Humana contribui para a redução do volume de resíduos depostos nos aterros sanitários através de uma rede de contentores para recolha de roupa usada e posterior preparação para reutilização. A roupa tem assim um novo propósito, uma segunda vida

Quando classificada para reutilização, a roupa é vendida nas Lojas Humana em Lisboa e no Porto. Desta forma, oferecemos uma alternativa de qualidade, moderna e económica, ecológica e circular que nos permite impulsionar a moda sustentável. 


Os esforços da Humana na recolha de roupa para a sua reutilização têm também como objetivo sensibilizar e consciencializar as pessoas para o desenvolvimento sustentável e o que podem fazer para contribuir para esta causa. A doação de roupa usada e a compra de roupa em segunda-mão são uma contribuição dos cidadãos para a economia circular, com um fim social: desenvolvimento de projetos de cooperação em África e apoio local em Portugal. 

No dia da Terra, procuramos inspirar os cidadãos a reconsiderar o seu papel na interação com o meio ambiente. Pequenas ações podem fazer a diferença. 


#EarthDay2018 #DiadaTerra