Lojas HUMANA

Almirante Reis 3Av. Almirante Reis 104-B 1150-022 Lisboa
Tel: (+351) 218 139 327

Almirante Reis 1Av. Almirante Reis 26-A 1150-018 Lisboa
Tel: (+351) 217 971 019

Júlio DinisRua Júlio Dinis 936 4050-322 Porto
Tel: (+351) 22 600 08 08

Morais SoaresRua Morais Soares 70 1900-348 Lisboa
Tel: (+351) 218 131 557

Almirante Reis 2Av. Almirante Reis 94 1150-022 Lisboa
Tel: (+351) 218 132 713

AreeiroPraça Francisco Sá Carneiro 10A - 10B 1000-160 Lisboa
Tel: (+351) 218 450 909

FanqueirosRua dos Fanqueiros 225 1100-229 Lisboa
Tel: (+351) 218 861 187

CedofeitaRua de Cedofeita, 327 4050-109 Porto
Tel: (+351) 220 123 394

Passos ManuelRua Passos Manuel 62 4000-450 Porto
Tel: (+351) 22 201 17 80

Alexandre BragaRua Alexandre Braga 134 4000-124 Porto
Tel: (+351) 222 058 072

5 de OutubroAvenida 5 de Outubro, 72 1050-059 Lisboa
Tel: (+351) 217 931 799

Humana participa na 49ª Conferência Mundial da União sobre a Saúde do Pulmão

23-10-2018

A Humana People to People participa na 49ª Conferência Mundial da União sobre Saúde do Pulmão que tem lugar em Haia, Holanda de 24 a 27 de Outubro de 2018.

A conferência, organizada pela União sobre a Saúde do pulmão, é a maior reunião a nível mundial de intervenientes que trabalham para acabar com o sofrimento causado pelas doenças pulmonares, focalizando-se especialmente nos desafios que os países de baixo e médio rendimento enfrentam. O tema deste ano, “Soluções Políticas e Sociais”, vai reunir milhares de representantes de mais de 125 países, onde vão estar presentes expertos mundialmente reconhecidos para dar voz às cerca de 150 sessões que constituem o programa científico de quatro dias.


Objetivos desta conferência


- Avançar em termos de conhecimento sobre temas relacionados com a saúde pulmonar. Apresentação e divulgação de novas descobertas fruto da investigação e promover a colaboração global entre as comunidades científicas, de saúde pública e afetada para combater a Tuberculose e outros problemas de saúde pulmonar, de maneira efetiva.

- Inspirar a inovação social, política e científica.

- Adotar e implementar as diretrizes internacionais atuais, baseadas na evidencia para o controlo da TB e os programas de gestão da TB-MDR de todos os países;

- Empoderar, habilitar e acelerar a implementação de soluções políticas e sociais.

- Promover respostas multissectoriais, abordar os determinantes sociais dos problemas de saúde pulmonar e contribuir para o financiamento sustentável da saúde pública para a cobertura universal de saúde.

- Proporcionar uma plataforma para o diálogo e a colaboração entre os responsáveis políticos, as comunidades e a sociedade civil para acelerar a implementação dos compromissos expressados na Reunião de Alto Nível da ONU sobre a Declaração Política de Tuberculose e a Declaração de Moscovo da OMS.

- Informar e conectar os profissionais da tuberculose e os responsáveis pela formulação de políticas aos enfoques multissectoriais em sinergia e aproveitando ao máximo o potencial oferecido na Agenda dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e na Cobertura Universal de Saúde para 2030.

Apesar dos esforços e iniciativas internacionais para travar a doença, registam-se todos os dias mais de 28.500 novos casos de tuberculose. Segundo a OMS, cerca de 2.000 milhões de pessoas estão infetadas com o vírus da tuberculose. A tuberculose é uma doença que tem cura sempre e quando seja diagnosticada a tempo e o tratamento se siga de forma bastante rigorosa.

 

A experiência de Humana People to People


Humana People to People considera indispensável reunir esforços no âmbito da política e da cooperação internacional para que esta doença seja objeto de uma maior consciência pública e receba os recursos financeiros necessários para ser combatida com garantias.

ADPP-Moçambique, sócio local de Humana Portugal e membro da Federação Humana People to People, é a responsável pela coordenação de um programa piloto desenvolvido desde 2016 em oito países, sob o nome de TIMS: Zâmbia, Malawi, Botswana, Swazilândia, Namibia, Mozambique, Lesotho e Tanzânia. ADPP coordenou o trabalho de outras cinco organizações da Humana People to People e três entidades não governamentais para a busca ativa de casos de tuberculose nas populações mineiras da região. TB Alert proporcionou apoio técnico durante todo o programa.

Durante a conferência a equipa de TB Alert e de ADPP-Moçambique terão a oportunidade de apresentar os resultados de TIMS. Este programa está baseado na experiência acumulada da Humana na luta combinada contra a SIDA / VIH e a tuberculose através dos programas TB-TC y TCE (Total Control of the Epidemic). Trata-se da primeira ação deste tipo implementada a nível regional. O modelo baseia-se na prevenção e na difusão de informação entre os membros da comunidade, trabalhando casa por casa para aumentar o conhecimento da população, assim como facilitar a deteção de tuberculose e a realização de provas de VIH. Também facilitou o tratamento em centros de saúde. O programa tem também como objetivo fazer frente ao crescente número de casos coinfecção entre a população mineira.

 

Segundo dados de um estudo realizado pela ADPP em África do Sul, são as comunidades mineiras e de ex-mineiros que apresentam uma maior percentagem de pessoas com tuberculose que qualquer outra profissão no mundo, cerca de 52% são do género masculino e 80% provêm de Lesotho, Tanzânia e Zâmbia.

Infelizmente, a tuberculose continua a ser uma das 10 maiores causas de mortalidade a nível mundial e é atualmente a principal causa de morte entre as pessoas que vivem com o VIH, o que destaca a necessidade de coordenar melhor os esforços por parte dos atores de modo a melhorar a identificação ativa de caso, assim como o acesso a, e o fornecimento do tratamento, sobretudo nas comunidades em risco.