Lojas HUMANA

Almirante Reis 3Av. Almirante Reis 104-B 1150-022 Lisboa
Tel: (+351) 218 139 327

Almirante Reis 1Av. Almirante Reis 26-A 1150-018 Lisboa
Tel: (+351) 217 971 019

Júlio DinisRua Júlio Dinis 936 4050-322 Porto
Tel: (+351) 22 600 08 08

Morais SoaresRua Morais Soares 70 1900-348 Lisboa
Tel: (+351) 218 131 557

Almirante Reis 2Av. Almirante Reis 94 1150-022 Lisboa
Tel: (+351) 218 132 713

AreeiroPraça Francisco Sá Carneiro 10A - 10B 1000-160 Lisboa
Tel: (+351) 218 450 909

FanqueirosRua dos Fanqueiros 225 1100-229 Lisboa
Tel: (+351) 218 861 187

CedofeitaRua de Cedofeita, 327 4050-109 Porto
Tel: (+351) 220 123 394

Passos ManuelRua Passos Manuel 62 4000-450 Porto
Tel: (+351) 22 201 17 80

Alexandre BragaRua Alexandre Braga 134 4000-124 Porto
Tel: (+351) 222 058 072

Avenida de Roma 3Av. Roma, 3. 1000-191 Lisboa
Tel: (+351) 211 502 048

5 de OutubroAvenida 5 de Outubro, 72 1050-059 Lisboa
Tel: (+351) 217 931 799

Tomás Ribeiro 16Rua Tomás Ribeiro 16 1050-234 Lisboa
Tel: (+351) 218 026 552

Santa CatarinaRua de Santa Catarina 513 4000-124 Porto
Tel: (+351) 220 190 115

20 milhões de pessoas envolvidas no programa TCE de luta contra o HIV

29-11-2019

A Humana junta-se à comunidade internacional no Dia Mundial da SIDA, que se comemora este domingo, dia 1 de dezembro com o lema “As comunidades marcam a diferença”. Colocar as pessoas e as comunidades no centro da luta contra o HIV/SIDA é fundamental na luta contra esta epidemia que afeta a quase 38 milhões de pessoas em todo o mundo, dos quais, 20 milhões vivem em África.

As organizações que fazem parte da Humana People to People são pioneiras na luta contra a SIDA em África: há mais de 20 anos que levam a cabo o programa Total Control of the Epidemic (TCE) cujo objetivo é combater o vírus HIV mediante a prevenção, a atenção e o apoio com uma estratégia liderada pelas pessoas, trabalhando lado a lado com as comunidades sob o terreno. Este programa é financiado com os recursos obtidos com a gestão da roupa usada em países como em Portugal e com o apoio de financiadores externos como The Global Fund ou USAAID.

A estratégia baseia-se na mobilização entre os próprios cidadãos: são os vizinhos ou os membros de uma comunidade os que oferecem a informação, motivam e empoderam as pessoas para aceder aos serviços de saúde, que podem ser vistos como elementos intimidantes ou desconectados da realidade dos mais afetados.

A mobilização comunitária permite oferecer conselhos e explicar quais são os métodos de prevenção, o que significa ser seropositivo, como aceder a diagnósticos e tratamentos e como conseguir que seja suprimida a carga viral. Em duas décadas de funcionamento, o programa alcançou mais de 20 milhões de pessoas em 12 países na África e ásia, em colaboração com os respetivos governos: Angola, Botswana, CHINA, Guiné-Bissau, índia, Malawi, Moçambique, Namíbia, República Democrática do Congo, África do Sul, Zâmbia e Zimbabwe. Em 2018 a Namíbia superou os objetivos 90-90-90 estabelecidos pela ONUSIDA. Este sucesso deve-se a uma mudança na estratégia das autoridades sanitárias do país, uma estratégia na qual participou ativamente DAPP-Namíbia.


Estatísticas mundiais de 2018:

  • Mais de 37,9 milhões de pessoas da África Oriental e Meridional vivem com HIV, entre estes 20,6 milhões em África.
  • 1,7 milhões são menores de 15 anos
  • 62% das pessoas com HIV a nível mundial têm acesso ao tratamento antirretroviral 
  • Desde o início da epidemia mais de 32 milhões de pessoas faleceram devido a doenças relacionadas com a SIDA
  • Os casos de mortes relacionadas com esta doença diminuiram 33% desde 2010
  • Cerca de 8,1 milhões de pessoas desconheciam que viviam com HIV
  • As novas infeções desceram quase um milhão em comparação com 2010, mas em 2018 produziram-se 1,7 milhões
  • Na África Subsariana, 4 em cada 5 novas infeções em adolescentes com idades compreendidas entre os 15 e os 19 anos são mulheres.
  • 49% das pessoas afetadas pelo HIV não são conscientes de que sofrem de tuberculose, que é uma das principais causas de morte entre este coletivo e não recebem a atenção adequada


Conferência Internacional (ICASA) sobre a SIDA e as Infeções de Transmissão Sexual em África

A Humana People to People participa ativamente na Conferência Internacional sobre a SIDA e as Infeções de Transmissão Sexual em África (ICASA 2019), que se celebra de 2 a 7 de dezembro no Centro de Convenções de Kigali, em Ruanda e que tem como tema principal: “"ÁFRICA LIVRE DE SIDA – Inovação, Comunidade e Liderança Política”. É organizada por The Society for AIDS In Africa (SAA) e pelo governo de Ruanda, e representa uma oportunidade para analisar a situação atual em África da epidemia do HIV e definir uma estratégia única na sua luta. Espera-se que mais de 10.000 delegados de quase 150 países assistam a este evento.