Lojas HUMANA

Almirante Reis 3Av. Almirante Reis 104-B 1150-022 Lisboa
Tel: (+351) 218 139 327

Almirante Reis 1Av. Almirante Reis 26-A 1150-018 Lisboa
Tel: (+351) 217 971 019

Júlio DinisRua Júlio Dinis 936 4050-322 Porto
Tel: (+351) 22 600 08 08

Morais SoaresRua Morais Soares 70 1900-348 Lisboa
Tel: (+351) 218 131 557

Almirante Reis 2Av. Almirante Reis 94 1150-022 Lisboa
Tel: (+351) 218 132 713

AreeiroPraça Francisco Sá Carneiro 10A - 10B 1000-160 Lisboa
Tel: (+351) 218 450 909

Fanqueiros, 225Rua dos Fanqueiros 225 1100-229 Lisboa
Tel: (+351) 218 861 187

CedofeitaRua de Cedofeita, 327 4050-109 Porto
Tel: (+351) 220 123 394

Passos ManuelRua Passos Manuel 62 4000-450 Porto
Tel: (+351) 22 201 17 80

Fanqueiros, 197Rua dos Fanqueiros, 197 1100-229 Lisboa
Tel: (+351) 210 183 041

Alexandre BragaRua Alexandre Braga 134 4000-124 Porto
Tel: (+351) 222 058 072

Avenida de Roma 3Av. Roma, 3. 1000-191 Lisboa
Tel: (+351) 211 502 048

5 de OutubroAvenida 5 de Outubro, 72 1050-059 Lisboa
Tel: (+351) 217 931 799

Tomás Ribeiro 16Rua Tomás Ribeiro 16 1050-234 Lisboa
Tel: (+351) 218 026 552

Santa CatarinaRua de Santa Catarina 513 4000-124 Porto
Tel: (+351) 220 190 115

Humana reabre as suas lojas no día 6 de maio

30-04-2020

Na quarta-feira, 6 de maio, abrimos todas as nossas lojas em Portugal!   

Teremos horário reduzido: das 11 às 18h.



Ao planear o programa de reabertura, as recomendações das autoridades de saúde e as diretrizes estabelecidas pelas Associações Empresariais do Comércio Têxtil, estão a ser tidas em consideração. A Associação Humana também possui a experiência e as informações da Humana de países como a Alemanha e a Áustria, nos quais a reativação dos pontos de venda ocorre há dias. A resposta do cliente nesses países está a ser positiva.


Treino para as equipas e aprovisionamento de EPI

Atualmente, a Humana segue um programa de fornecimento de géis hidroalcoólicos, máscaras, luvas, soluções desinfetantes e outros elementos de proteção, que estarão disponíveis em todos os pontos de venda que abram as suas portas. Da mesma forma, ações de treino on-line estão a ser realizadas com as equipas, sobre protocolos de ação, atendimento ao cliente, medidas constantes de higiene durante o horário de atendimento ao cliente e operações com roupas, calçados e acessórios nesta nova etapa pós-COVID-19.


Um processo de seleção de roupas com todas as garantias sanitárias

Segundo o New England Journal of Medicine, estima-se que a vida útil do vírus nas superfícies têxteis seja de no máximo 48 horas. Há que ter em conta, de que pelo menos 10 dias se passaram desde que as roupas são recolhidas nos contentores da Humana, tratadas nas áreas de preparação para reutilização e enviadas à loja para venda. Todo o processo é realizado com medidas extremas de prevenção, estabelecendo-se períodos de quarentena entre cada uma das etapas deste processo de pelo menos 48 horas: roupas e calçados são confinados em sacos fechados para evitar as hipóteses de contágio.


A equipa da Humana recebeu informações específicas para garantir todo esse processo. Medidas de desinfecção e higiene, baseadas em hipoclorito de sódio, foram implementadas nos armazéns, contentores e veículos.


O Instituto Federal de Avaliação de Riscos na Alemanha (BfR), com base na capacidade de transmissão do vírus, determina a sua relativa baixa capacidade de estabilidade ambiental – o que significa, que não sobrevive a mudanças de ambiente – tornando-se altamente improvável que têxteis ou calçados sejam uma fonte de infecção por vírus. Por sua vez, os Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos garantem que o coronavírus é transmitido pelas vias aéreas (de uma pessoa infetada que tussa ou espirre) e não de objetos contaminados.


A probabilidade de transmissão do vírus através de roupas usadas é, no pior dos casos, mínima e não maior que a de roupas novas. Como medida complementar, a Associação Humana decidiu pulverizar as roupas para venda com uma solução hidroalcoólica.


Experiência do cliente nas lojas Humana

Atualmente o Departamento de Lojas da Humana está a avaliar que lojas irão abrir e quais as que se irão manter encerradas e qual o horário de funcionamento ao público. O objetivo é fazê-lo, oferecendo as máximas garantias sanitárias para a equipa e o público, além de conforto, garantindo uma boa experiência para o cliente, num ambiente confiável e amigável.


Para isso, a capacidade de pessoas em loja será limitada, o distanciamento social dentro das instalações será promovido, haverá uma circulação fluida para evitar aglomerações, o número de provadores operacionais será limitado, o pagamento com cartão será promovido e todas as condições serão disponibilizadas ao cliente para que sua estadia na loja seja totalmente satisfatória.


As roupas que os clientes experimentam, mas decidem não comprar, deixarão de estar temporariamente à venda, pois serão confinadas em sacos fechadas por 48 horas, antes de serem penduradas novamente e estarem disponíveis para compra.


Os clientes terão informação sobre as medidas tomadas, permanentemente disponibilizadas através do áudio, do écran localizado na parte de trás da caixa, de sinalização e pela própria equipa.